0(0)

A Cultura da Biossegurança

  • Categorias Saúde
  • Duração 20h
  • Total inscritos 1
  • Última actualização Maio 4, 2021

Acerca da formação

● Compreender o que é biossegurança e sua importância; ● Justificar as boas práticas de laboratório; ● Conhecer os principais riscos existentes em ambiente laboral; ● Classificar os níveis de biossegurança; ● Reconhecer os principais símbolos de biossegurança; ● Aplicar a utilização dos EPI’s e EPC’s; ● Recomendar a melhor forma de descarte de resíduos em ambiente laboral; ● Aplicar os princípios da biossegurança na elaboração de Procedimentos Operacionais Padrão (POP).

O que vou aprender?

  • conhecer melhor a praticidade das principais medidas de biossegurança em ambientes laborais.

Tópicos para esta Formação

13 Aulas20h

Módulo – 1

Uma reflexão histórica
Introdução à biossegurança
Boas práticas de laboratório (BPL)
Tipos de riscos
Equipamentos de proteção
Colocação e remoção dos equipamentos de proteção individual

Módulo – 2

Módulo – 3

Acerca do instutor

Graduada em Medicina Veterinária(1996) Universidade Estadual do Ceará (UECE). Mestre (2002) e Doutora (2006) em Reprodução e Sanidade Animal - Universidade Estadual do Ceará (UECE) na área da Ovinocaprinocultura. Trabalhou com Inseminação Artificial (IA), Transferência e Congelamento de Embriões, Fecundação in vitro e participou dos projetos de Transgênese e Clonagem que deu origem à produção da Primeira Cabra Transgênica da América Latina. Docente na Universidade de Fortaleza (UNIFOR-2006 a 2018) disciplinas de Fisiologia Humana e Biofísica. Fundadora e coordenadora de módulos que englobam disciplinas como: Histologia, Bioquímica, Fisiologia, Farmacologia, Anatomia, Biologia Celular, Imunologia, Genética, Embriologia, Patologia e Biossegurança. http://lattes.cnpq.br/0498964244960555
0 (0 Avaliações)

1 Formações

1 alunos

biossegurança
Kz68,230.00

Requisitos

  • Interesse em conhecer melhor a praticidade das principais medidas de biossegurança em ambientes laborais.

Público-alvo

  • Alunos, professores, pesquisadores e colaboradores que estejam em ambiente laboral insalubre ou que possuam algum tipo de risco à sua saúde, a de outrem ou ao meio ambiente.